Pular para o conteúdo principal

Nós da Poesia se apresenta no Terças Poéticas com lançamento de antologia internacional na próxima semana



Antologia Nós da Poesia + 20 Nosotros organizada pelo Imersão Latina celebra a poesia de países da América Latina, África, Europa e etnias indígenas

Com o tema “Sem Poesia a Vida é insustentável”, poetas de várias regiões do Brasil e de outros países se uniram na antologia Nós da Poesia + 20 Nosotros para celebrar a diversidade. Esta poética diversa, de ativistas culturais estará no Projeto Terças Poéticas da próxima semana, no dia 27, às 18h30, nos Jardins Internos do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1537, centro, Belo Horizonte).


O livro que será lançado no Terças Poéticas foi feito especialmente para a Rio + 20, Conferência Mundial da ONU, realizada em junho, no Rio de Janeiro para discutir a sustentabilidade do Planeta. Os poetas Brenda Mars, Ênio Poeta e Helen Novaes, do Grupo Nós da Poesia se apresentaram durante a Cúpula dos Povos e no próximo Terças Poéticas se apresentam em Belo Horizonte. Além de recitais poéticos, ao final serão doadas mudas de plantas nativas, da Sociedade Amigos do Boi Rosado, coordenada pelo artista plástico Severino Iabá.

Os poetas participantes da antologia “Nós da Poesia + 20 Nosotros” são de países da América Latina, Espanha, Canadá e São Thomé e Príncipe (África). Também há destaques para duas indígenas, duas crianças e uma poetisa com síndrome de Down. "Esta é uma forma de ressaltar que sem poesia a vida é insustentável e não há sustentabilidade possível no planeta, sem aprendermos a respeitar as diferenças e valorizar a diversidade cultural", aponta a presidente do Instituto Imersão Latina - Imel e organizadora da antologia, Brenda Marques Pena. A publicação com 120 páginas mpressa pela Editora Todas as Letras tem ilustração de Yara Abreu, contracapa com poemagem de Jaak Bosmans, arte final de Beto Ferris, traduções de Brenda Marques e Clevane Pessoa, já que a edição é bilíngüe (espanhol e português), revisão de Bilá Bernardes e Iván Verdugo.

Autores: Alfred Asís, Ametista Nunes, Angela Togeiro, Annabel Villar, Avelin Rosana, Bilá Bernardes, Brenda Mar(que)s Pena, Carlos Roldán, Cláudio Márcio Barbosa, Clemente Padín, Clevane Pessoa, Conceição Lima, Daniel de Cullá, Dinorá Couto, Efraim Bartolomé, Ênio Poeta, Enrique Godoy Duran, Enrique Hernández-D’Jesús, Gianluca Pereira Souza, Gioconda Belli, Glória Dávila, Glória Gutiérres Ortiz, Graça Graúna, Gustavo Ramirez, Helenice Rocha, Helen Novais, Isabel Vargas, Isabelle Cavalheiro de Melo, Iván Verdugo, João Manoel Lourenço, José Estanislau Filho, Juan Disante, Luiz Gonzaga Marcelino, Marcos Fabrício Silva, Maria Eugênia, Maria Inez Fontes Ricco (MIFORI), Marta Reis, Meire dos Santos, Nela Rio, Noeme Rocha da Silva, Norália de Mello Castro, Olinda Beja, Pâmilla Vilas Boas, Paz Cerrillo, Rogério Salgado, Severino Iabá, Solange Passos, Stela Lima Lombardi, Tereza Lúcia Avelar e Virgilene Araújo


Nós da Poesia

O projeto Nós da Poesia já circulou por várias cidades do Brasil e da América Latina, em Bienais de Minas, São Paulo e Rio de Janeiro, feiras e encontros literários tradicionais como o Psiu Poético, em Montes Claros, o Congresso Brasileiro de Poesia, em Bento Gonçalves, os Jogos Florais de Montevidéu (Uruguai), organizados pelo Movimento aBrace e o Buenos Aires Poesia, realizado na Argentina pelo Grupo Pretextos. Esta iniciativa do Instituto Imersão Latina visa incentivo à leitura, circulação literária e publicação de livros cooperativos. O volume 1 foi publicado em 2009, e hoje já na terceira edição, o projeto reúne mais de 100 poetas, incluindo sempre o Destaque Criança não é Brinquedo.

Imersão Latina

O Instituto Imersão Latina foi criado há 7 anos em Belo Horizonte, Minas Gerais, com o objetivo de reunir as vozes de ativistas da América Latina pela democratização da comunicação, direito dos povos e promoção de eventos de artes integradas. Hoje é uma associação de escritores, jornalistas, produtores culturais, pesquisadores e artistas independentes, formada por ativistas que se preocupam em defender e mostrar toda a diversidade cultural, ambiental e de idéias da América Latina. Entre suas atividades permanentes estão a realização de eventos de artes-integradas (música, literatura, vídeo e artes cênicas) e da cultura digital. O IMEL mantém um portal www.imersaolatina.com, um blog www.imersaolatina.blogspot.com e uma rede com a participação de pessoas de várias países.


Outras informações e entrevistas:
(31) 8811-9469 (31) 32276869 (Brenda Marques Pena)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exposição Aspectos Urbanos reúne artes visuais de Iara Abreu e poesia de vários poetas em Ouro Preto

Iara Abreu e vários dos poetas participantes são coautores do coletivo Nós da Poesia

Imperfeita Desarmonia de Fernando Antônio Fonseca tem lançamento na próxima Feira de Poesia Especial

Fernando Antônio Fonseca e Scortecci Editora convidam para o Lançamento do livro “Imperfeita Desarmonia”, dia 26/01/2017, às 19:30 hs, no Feira de Poesia Especial. Local: Centro Cultural Padre Eustáquio Rua Jacutinga, 821 (anexo a Feira Coberta) Entrada Franca

Vem aí o Segundo Festival Cultural e Concurso Literário do Sarau da Onça

O II Festival de Arte, Cultura e Concurso Literário Sarau da Onça foi aprovado no edital Setorial de Literatura da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). “O projeto tem patrocínio do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia”.

O Sarau da Onça divulgará em 10 de janeiro de 2017 um edital que visa selecionar dois poemas de cinquenta autores de Salvador nas categorias: Poesia (quarenta textos de 25 linhas, no máximo) e Conto (dez textos de no máximo 25 linhas) e consequente publicação em 5000 exemplares de uma antologia, sem custo para os participantes, que receberão cinco exemplares cada um, a título de direitos autorais.

Além do concurso literário, serão oferecidas oficinas de teatro, dança, Hip Hop, criação literária, que vão ser ministradas por membros do Sarau da Onça e convidados, com carga horária de quatro horas aos sábados ou domingos, com apresentação de mostras ao final do festival, num grande encontro n…