Pular para o conteúdo principal

A periferia grita: Mães de Maio lança novo livro

Por  José Francisco Neto*

Livro é dividido em três temáticas diferentes: “grito familiar”, “grito poético” e “grito dos parceiros”. Primeiro livro lançado pelo movimento foi em maio de 2011, intitulado “Mães de Maio – Do Luto à Luta”

O movimento independente Mães de Maio, formado por familiares de vítimas da violência policial no estado de São Paulo, realiza uma série de lançamentos do livro “Mães de Maio, Mães do Cárcere – A Periferia Grita”.

O prefácio do novo trabalho do movimento é escrito pelo rapper Déxter, que – para fugir da violência – fundou o grupo 509-E na época em que esteve preso no Carandiru. Conta ainda com a participação do músico Eduardo, do grupo de rap Facção Central, do poeta Sérgio Vaz e de relatos de mães que foram vítimas do sistema carcerário brasileiro.

O livro é dividido em três temáticas diferentes. A primeira - grito familiar - reúne o relato de mais de 20 familiares e amigos de vítimas diretas da violência de agentes do estado desde os crimes de maio de 2006. A segunda parte – grito poético - reúne letras, contos e poesias de cerca de 40 poetas. A terceira e última parte – grito dos parceiros – reúne textos de outros coletivos que somam com a luta do movimento nos quatro cantos do Brasil.

O primeiro livro lançado pelo movimento foi em maio de 2011, intitulado “Mães de Maio – Do Luto à Luta”. O livro abordou os crimes cometidos por grupos de extermínio formado por policiais em maio de 2006, em que resultou na morte de mais de 500 pessoas em apenas oito dias.

*Informações da Radioagência NP,

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sesc Palladium promove edição especial do Digas! Poesia Falada com o espetáculo “Garganta ao Vivo"

Espetáculo inédito se originou do LP de poesia falada “Garganta”, que reúne poemas de 20 celebrados autores contemporâneos. Com entrada gratuita, a apresentação poderá ser conferida no dia 19 de abril, às 20h. 
No próximo dia 19 de abril, quarta-feira, o Sesc Palladium promove uma edição especial do seu projeto Digas! Poesia Falada, com o espetáculo de poesiaGarganta ao Vivo. A montagem se originou do LP “Garganta”, documento sonoro em vinil que apresenta uma amostra da poesia contemporânea brasileira, reunindo trabalhos de alguns dos principais autores surgidos nos últimos 20 anos. Inédito e sem previsão de reapresentações, o espetáculo poderá ser conferido às 20h, no Grande Teatro do Sesc Palladium. Entrada gratuita, com retirada de ingresso 2h antes da sessão.
Em 2016, um grupo de poetas brasileiros se uniu para prensar um disco de vinil com poesia falada, buscando reavivar a tradição de LPs de poesia brasileira. O disco, denominado Garganta, lançado numa parceria da Embolacha com a …

Nós da Poesia prepara nova edição. Participe até 15 de janeiro de 2018!

A próxima antologia Nós da Poesia (volume 6) terá como tema Va...idades / Van...idades(falará sobre a passagem do tempo, memória e valorização da vida). 

Participe enviando 4 poemas ou prosas poéticas. As inscrições estão abertas de hoje 15/10/2018 a 15/01/2018. 

Basta enviar seus textos em português ou espanhol para o e-mail: nosdapoesia@gmail.com. 

Participe e concorra a prêmios de publicação para os 3 primeiros colocados e de edição cooperativa para 30 participantes. A publicação é organizada pelo Instituto Imersão Latina.

Poesias de Março

DIA NACIONAL DA POESIA TERÁ OFICINA DE CRIAÇÃO LITERÁRIA E SARAU NO ESPAÇO GUAJA COM AUTORES DO COLETIVO NÓS DA POESIA 
A União Alternativa Cultural - UNIAC, o Instituto Imersão Latina – IMEL e a Associação Internacional Poetas del Mundo Secção de Minas Gerais realizam desde 2013 o evento Poesias de Março em comemoração do dia nacional e internacional da poesia que são no mês de março. A realização de um sarau com venda de livros de autores e shows poético-musicais é sempre no dia 14 de março. A ONU  - Organização das Nações Unidas reconhece o papel que a poesia tem para o desenvolvimento da paz e por a poética ser uma expressão presente em todas as artes.  O Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa sediou a abertura desta proposta e este ano vamos realizar no Espaço Guaja (Av. Afonso Pena, 2881 - Centro), com sarau poético-musical e conversa com autores com o tema: da prosa ao verso e vice-versa a partir das 18 horas.  O evento terá o custo de R$ 50,00 (cinquenta reais) com …