Meu Presépio





Ele podia ter nascido em um palácio mais rico que o de Herodes
Ele podia ter um templo mais luxuoso que o de Salomão 
Mas preferiu respeitar a vontade de seu Pai 
E nascer em uma estrebaria 
Junto aos animais e o afeto de sua Mãe
Deixando-nos uma lição de Humildade 
Amor Misericórdia e Perdão 
Uma Prática que até os dias de hoje
Só acontece na teoria 
Que neste natal a gente possa descobrir juntos 
Em Cristo Jesus A Luz
O caminho da Verdade 
A origem da Vida
E deixar que a Paz de Espirito 
Seja  a Real Presença em nossos Corações 

Feliz todos os Natais 
E os 365 dias de 216 com muita saúde 

Vicente Ferrer, poeta do Nós da Poesia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Invitación a los escritores latinos a participar de la edición Nós da Poesia y Nosotros

“Santa Leitura” recebe convidados especiais neste domingo e lança concurso de redação

Geraldo Vandré: Homenagem e reflexão