Pular para o conteúdo principal

Festa Literária Internacional de Paraty faz homenagem a Millôr Fernandes em junho


A Flip 2014 vem aí!









A programação da 12a. Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) já está no ar, e os ingressos começam a ser vendidos às 10h do dia 30 de junho. A crítica ao poder, característica do homenageado Millôr Fernandes, dá o tom da programação deste ano, que oferece ainda recortes como humor, arquitetura, ciência e pensamento indígena.

Homenagem a Millôr 
O crítico Agnaldo Farias, os humoristas Reinaldo e Hubert, os cartunistas Jaguar e Cássio Loredano e o jornalista Sérgio Augusto participam de mesas em homenagem ao genial guru do Méier. Na Casa da Cultura, uma exposição apresenta uma ambientação inspirada no mundo de seus desenhos publicações.

Gal Costa em show gratuito
A grande cantora brasileira se apresenta no primeiro show de abertura gratuito na história da Flip.

Pensamento indígena e Amazônia
O pensamento indígena, o xamanismo, a poesia ameríndia e a disputa de interesses na Amazônia ganham destaque em mesas com o xamã yanomami Davi Kopenawa, a fotógrafa Claudia Andujar, o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro e o indigenista Beto Ricardo.

Arquitetura
A arquitetura, que em 2013 ganhou mesa fixa na programação, traz Paulo Mendes da Rocha, vencedor do Pritzker e um dos principais pensadores do Brasil contemporâneo, ao lado do italiano Francesco Dal Co.

Ciência
As mesas dedicadas ao tema vão da criação de filhos fora do padrão, tema explorado por Andrew Solomon, aos limites do conhecimento, discutidos por Marcelo Gleiser, passando pela interface da ciência com a cultura e a história da alimentação com Michael Pollan.

Ficção e poesia
Fazem parte da programação encontros com grandes autores de ficção, como Jhumpa Lahiri, Etgar Keret, Almeida Faria, Eleanor Catton e Joël Dicker; e uma amostra milloriana de que o humor está entre as formas mais elevadas da inteligência, com Fernanda Torres, Antonio Prata, Mohsin Hamid e Gregorio Duvivier. Charles Peixoto e Eliane Brum, um prosador na poesia e uma poeta na prosa,completam o quadro.

Latinos
A prosa latino-americana tem um representante de peso para cada geração, do boom dos anos 1960, vivido pelo Prêmio Cervantes Jorge Edwards, à “anexação” cultural dos Estados Unidos pela América Latina, registrada na obra de Daniel Alarcón – entre os dois, Juan Villoro, companheiro de armas de Roberto Bolaño e Enrique Vila-Matas.

Brasil e ditadura
A trajetória de dois grandes artistas, Cacá Diegues e Edu Lobo, que lançam livros de memórias durante a Flip, promete uma mesa histórica sobre a vida cultural no Brasil das últimas décadas, pertinente neste ano de Copa, eleição e aniversário de 50 anos do golpe militar – data lembrada em meio à literatura na mesa com Marcelo Rubens Paiva, Bernardo Kucinski e Persio Arida.

Serviço

Venda de ingressos: Os ingressos para as mesas da Flip 2014 podem ser adquiridos a partir das 10h do dia 30 de junho, pela internet, no site da Tickets for Fun, pelo telefone4003-5588 e nos pontos de venda credenciados (a lista completa estará disponível no site ticketsforfun.com.br). Os ingressos estarão disponíveis para venda até o dia 29 de julho. Durante os dias da Flip, poderão ser adquiridos apenas na bilheteria em Paraty.

Transmissão online: Por mais um ano consecutivo, todas as mesas da programação principal serão transmitidas gratuitamente em tempo real pelos sites da Flip e do G1.

Quem faz a Flip

A Casa Azul é uma organização da sociedade civil de interesse público, que desenvolve projetos nas áreas de arquitetura, urbanismo, educação e cultura. Desde as primeiras ações, mantém uma intensa relação com a cidade de Paraty. A Flip e os projetos educativos permanentes – Flipinha, FlipZona e Biblioteca Casa Azul - são algumas de suas experiências que potencializam importantes transformações no território e ajudam a melhorar a qualidade de vida de crianças e jovens paratienses.

Canais de Comunicação Flip

flip.org.br | facebook.com/flip.paraty | twitter.com/flip_se

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vem aí o Segundo Festival Cultural e Concurso Literário do Sarau da Onça

O II Festival de Arte, Cultura e Concurso Literário Sarau da Onça foi aprovado no edital Setorial de Literatura da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). “O projeto tem patrocínio do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia”.

O Sarau da Onça divulgará em 10 de janeiro de 2017 um edital que visa selecionar dois poemas de cinquenta autores de Salvador nas categorias: Poesia (quarenta textos de 25 linhas, no máximo) e Conto (dez textos de no máximo 25 linhas) e consequente publicação em 5000 exemplares de uma antologia, sem custo para os participantes, que receberão cinco exemplares cada um, a título de direitos autorais.

Além do concurso literário, serão oferecidas oficinas de teatro, dança, Hip Hop, criação literária, que vão ser ministradas por membros do Sarau da Onça e convidados, com carga horária de quatro horas aos sábados ou domingos, com apresentação de mostras ao final do festival, num grande encontro n…

Geraldo Vandré: Homenagem e reflexão

Por Dava Silveira*

Geraldo Vandré completa 81 anos em 12 de setembro e a questão da ditadura militar parece mais atual do que nunca. 

Estando a história do compositor entrelaçada com esse período da história do Brasil, resolvi selecionar um trecho do meu livro para ilustrar uma das heranças do golpe de 1964: “Geraldo Vandré exemplifica como ninguém os conflitos vividos pelo artista engajado dos anos 60. Influenciado pelas propostas do Centro Popular de Cultura, que pregava a “ida ao povo”, também convivia com a nova forma de articulação da indústria cultural com a música, tornando-a dependente de uma dinâmica mercantil que escapava ao seu controle.

Mas o compositor de “Caminhando” ilustra também o drama pelo qual passaram aqueles que se exilaram após a promulgação do AI-5 e que, ao retornarem, encontraram um país bem diferente. As transformações políticas, econômicas e culturais, provocadas pelo permanente controle do AI-5, tornaram possível a consolidação da indústria cultural, mudando,…

“Santa Leitura” recebe convidados especiais neste domingo e lança concurso de redação

O evento agita a Praça de Santa Tereza e contagia todos que passam por lá No próximo domingo, dia 21 de agosto, o projeto “Santa Leitura”, segue levando cultura, entretenimento e alegria para a praça Duque de Caxias, em Santa Tereza (Praça de Santa Tereza), a partir das 10h, agora no terceiro domingo do mês.

Neste domingo o projeto “Santa Leitura”, que recebeu recentemente o prêmio “Por um Brasil de Leitores”, do Instituto Imersão Latina, receberá as ilustres presenças da escritora e contadora de histórias, Helenice Matias e do cantor Guilherme Mendes, participante do The Voice Kids Brasil. Também neste domingo será lançado o concurso “Vamos falar do Santa Leitura”, onde os frequentadores poderão participar enviando um texto com sua visão sobre o projeto. Três textos serão selecionados e premiados posteriormente. O prazo para entrega dos textos é até dia 18 de novembro de 2016 e o resultado final e premiação serão no dia 18 de dezembro de 2016.


CONCURSO:  VAMOS FALAR DO SANTA LEITURA…