Pular para o conteúdo principal

Terreiro de Brother reúne manifestações culturais diversas

Shows de música e poesia vão fazer do Centro Mineiro de Cultura no bairro São Paulo uma reunião de ritmos e vozes


O Centro Mineiro de Cultura apresenta Terreiro de Brother, shows itinerantes que se iniciam neste sábado, 28 de março, às 19 horas. O Centro Mineiro de Cultura fica na rua Maria Piétra Machado 123, no bairro São Paulo. O espaço conhecido como curral do samba já recebeu em sua história artistas diversos.
Djalma e Jone Herno

O músico Djalma Januário, vocalista da banda Agbara e agente cultural de longa data, junto com percussionista Jone Herno coordenam esse significante projeto que vai girar de norte a sul de Belo Horizonte.

A abertura do Terreiro de Brother será uma grande celebração de arte, no mês internacional das mulheres e da poesia. A noite começa com o recital Poesias de Março, coordenado pela Associação Internacional de Poetas, Imersão Latina e UNIAC. Estão confirmadas a participação dos poetas:  Brenda Mars, Carlos Barroso, Consuelo Aragão, Ênio Poeta, José Hilton Rosa, Martha Reis, Newton Emediato e Rosângela Ferris.

Lu Toledo
Música feita por mulheres
Os shows musicais começam com a cantora Lú Toledo destilando MPB.
A cantora possui um estilo peculiar de cantar com voz que expressa delicadeza e lirismo ao mesmo tempo
em que consegue exprimir como quem realmente acredita no que diz. Como nas palavras de um fã escritor que lhe escreveu: “Que mulher é essa que quando canta solta sua alma como pássaros escapando de uma gaiola, numa demonstração de felicidade pura?”

Cáusticas
Na sequência a Cáustica marca presença com o rock feminino das mulheres Cáusticas. Formada por Brenda Mars, bateria e voz, Polly Alves, baixo e voz, Pâmilla Villas Boas, guitarra e voz e Bárbara Lopes, voz e percussão, a banda traz músicas autorais, incluindo a música Nada de Cor. O single foi gravado no estúdio Minério de Ferro, da banda de pop rock Jota Quest e está sendo lançado este mês. A música é da banda Cáustica, com co-autoria de Fab Palladino e arranjos de Filipe Marks. A produção do clip de divulgação da música de Renato Gaia e Paloma da Matta Machado e pode ser conferida pelo facebook.com/banda.caustica


Banda Agbara divulga seu novo trabalho Agbalá

A banda Agbara está divulgando seu mais recente trabalho Agbalá ,com repertório ecleticamente bem colocado traz no seu conteúdo elementos que formam a digital da banda, fusão de seguimento diferenciados da música brasileira, principalmente as de matrizes africanas. A banda Agbara representa e promove cultura e arte há quase duas décadas e lança agora divulga talentos que despontam na querida Minas Gerais.

Serviço:
Terreiro de Brother: encontro de arte e culinária
28/03/2015 às 19 horas
Local: Centro Mineiro de Cultura (rua Maria Piétra Machado 123, bairro São Paulo, em Belo Horizonte, Minas Gerais)
Recital Poesias de Março e shows de Lú Toledo, Cáusticas e Agbara.
Valor dos ingressos: R$ 10,00


Mais informações: (31) 88616899/ 35882976

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma viagem à memória de Penedo por Zurica Peixoto

“Se imagino, vejo. Que mais faço eu se viajo? Só a fraqueza extrema da imaginação justifica que se tenha que deslocar para sentir.” 
FERNANDO PESSOA (1888 – 1935)  Rio de Janeiro, junho de 1940.
Acometida de forte gripe, moléstia importuna, cacete, que me retém em casa, esclusa e sem poder sair, sinto-me isolada, qual prisioneira que estivesse a cumprir sua pena. Aborrecida, sem saber o que fazer, tomo ao acaso os jornais vespertinos, cheios de escandalosos cabeçalhos. De relance, corro os fatos do dia, as crônicas sociais... São inúmeros os programas dos cinemas e teatros. Há reclames e mais reclames das festas juninas nos clubes e cassinos. Jogo à distância os jornais. Tudo me enfastia nesta noite. Em casa, quase todos saíram. A solidão deixa-me ainda mais aborrecida e entediada... Por que diabos inventaram a doença, principalmente quando se é moço?...

Passeio em volta da sala de estar. Ando para lá e para cá, num vaivém contínuo. Detenho-me ao rádio e ligo, indiferentemente, na es…

Sesc Palladium promove edição especial do Digas! Poesia Falada com o espetáculo “Garganta ao Vivo"

Espetáculo inédito se originou do LP de poesia falada “Garganta”, que reúne poemas de 20 celebrados autores contemporâneos. Com entrada gratuita, a apresentação poderá ser conferida no dia 19 de abril, às 20h. 
No próximo dia 19 de abril, quarta-feira, o Sesc Palladium promove uma edição especial do seu projeto Digas! Poesia Falada, com o espetáculo de poesiaGarganta ao Vivo. A montagem se originou do LP “Garganta”, documento sonoro em vinil que apresenta uma amostra da poesia contemporânea brasileira, reunindo trabalhos de alguns dos principais autores surgidos nos últimos 20 anos. Inédito e sem previsão de reapresentações, o espetáculo poderá ser conferido às 20h, no Grande Teatro do Sesc Palladium. Entrada gratuita, com retirada de ingresso 2h antes da sessão.
Em 2016, um grupo de poetas brasileiros se uniu para prensar um disco de vinil com poesia falada, buscando reavivar a tradição de LPs de poesia brasileira. O disco, denominado Garganta, lançado numa parceria da Embolacha com a …

Nós da Poesia prepara nova edição. Participe até 15 de janeiro de 2018!

A próxima antologia Nós da Poesia (volume 6) terá como tema Va...idades / Van...idades(falará sobre a passagem do tempo, memória e valorização da vida). 

Participe enviando 4 poemas ou prosas poéticas. As inscrições estão abertas de hoje 15/10/2018 a 15/01/2018. 

Basta enviar seus textos em português ou espanhol para o e-mail: nosdapoesia@gmail.com. 

Participe e concorra a prêmios de publicação para os 3 primeiros colocados e de edição cooperativa para 30 participantes. A publicação é organizada pelo Instituto Imersão Latina.