Poema de Neuza Ladeira: Tempo Instantâneo




Tempo Instantâneo

No alto daquela montanha
tocava a flauta
Na montanha inexistente
tocava a flauta
Nessa música incessante
que atormenta a alma dos errantes
traz para a terra uma verdade
O Universo é uma pérola brilhante.


Neuza Ladeira

(poeta e uma das autoras da antologia Nós da Poesia volume 1)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Invitación a los escritores latinos a participar de la edición Nós da Poesia y Nosotros

“Santa Leitura” recebe convidados especiais neste domingo e lança concurso de redação

Geraldo Vandré: Homenagem e reflexão